sábado, 12 de julho de 2008

Vão-se lixar...

Provavelmente por estar azeda e meia que vencida pelas circunstâncias que estou a viver eu comece a ficar embirrenta e muito ranzinza.
Mas paciência começa a faltar com todos os que à minha volta para se sentir inteligentes e úteis cospem frases mais do que feitas, compradas e vendidas
- São privações que Deus entende que temos que passar para nosso bem, mais tarde vai recompensar – sempre de cara muito pesarosa e constrangida
Mentalmente respondo sempre, grande amigo... nasci de uma prostituta e dum chulo viciado em jogo que amavelmente me deu 11 madrastas, isto num regime de ditadura com os preconceitos normais e rotineiros
Criada por uma avó que me deu o que podia e melhor sabia onde amor era a única fartura, já que comida rareava para pagar as dívidas do meu estimado pai
Estudei de noite para trabalhar de dia e pagar as despesas é que a avó começava a ficar velhinha
Químicos e álcool foram os meus companheiros de noite e de dia já que era a forma mais fácil de sonhar, desta forma iludi-me 6 anos
Aos 25 caso-me , com os enredos normais e o passado que não me pertencia , coisa corriqueira para quem é segundo casamento
10 anos, a tratar da minha avó já velhinha, que tudo fez por mim
Larguei trabalho, a minha vida para na cabeceira dela ficar, dei-lhe banho, transportei-a no meu colo, mudei as suas fraldas e as mesmas canções de embalar que me tinha cantado eu cantei para espantar a morte daquele quarto.
Acabou a viagem dela por estas margens fez 3 anos
Larguei a casa onde fui nascida e criada por decisão do senhorio e por questões económicas larguei minha terra (cidade grande) para viver numa terrinha que não me diz nada no meio de gente que nada me diz.
E quando ao fim de vinte anos de casada me começo a sentir uma mulher amada e olhada com desejo eis a visita fantástica em todo o seu esplendor CANCRO.
Lógicamente que de armadura vestida e de espada em punho a estratégia começou
1- Saí próstata
2- Pesquisas intermináveis sobre o assunto, consequências da cirurgia, que comprar para evitar as consequências e ter sempre a mão
3- Comprar sacos para algália (nocturnos e diurnos ) , informação como tirar e pô-los, baptiza-los com humor - bobby
4- Incontinência à vista ? Qual o problema ? Fraldas, depois pensos anatómicos para homem e se necessário operação
5- E claro carradas de maquilhagem para nunca me denunciar
Tudo estudado estrategicamente e cumprido ao pormenor ainda não fez um ano, os valores voltam a subir e saí radioterapia em Setembro
Estava mesmo a fazer falta
Ontem chumbo no exame de condução , momento glorioso…
E vem falar que são privações que Deus entende ser para nosso bem ? Quem tem amigos destes…
Depois temos a outra versão de consolo igualmente inteligente e com sentido de oportunidade raro
- A vida tem que ter sempre uns contras , para sabermos dar valor ás coisas boas
Ora vão para a MERDA mais a lógica da batata, se a vida lhes corre tão bem que receiam tanto o marasmo eu por mim não me importava nada que a minha fosse bem menos complicada.
Não existe nada pior que termos que aguentar com a necessidade constante de terceiros que teimam em serem úteis com filosofias vestidas de inteligência
Muito mais inteligente é a presença mesmo que na distância, apenas para dizer – não desistas eu acredito em ti.
Muito mais útil é apenas um abraço silencioso pois quando nada se tem para dizer é um favor que se faz ficar calado.

8 comentários:

Dois Rios disse...

Vida dura. Vida Severina, como diria o poeta João Cabral de Melo Neto.

Melhor o olhar silencioso de quem tenta acalentar, entender e acompanhar, do que frases feitas para "encher" as palavras vazias de quem não tem o que falar.

Beijo,

Dama de Cinzas disse...

Eu li e reli seu texto mas confesso que estou com problema de memória e concentração. Vc está doente? O que está acontecendo?

Beijos

Maldito disse...

Suas palavras são vicerais,...adorei isso,...parabens!
Inté!

Divinius disse...

Grande post:)*

João Videira Santos disse...

Um texto crú, de palavras e chagas bem abertas. Uma crónica da vida real.

Marcus Vinicius disse...

amiga ando meio sme tempo mais sempre dou uma passadinha poraq!
um abraçãoo
xeroo
adoro as suas palavras!

Daniella Paula disse...

Você conseguiu se expressar de forma forte, com tons sutis de delicadezas! Adorei!

Desculpa a demora para agradecer a visita. Estava sem PC. Obrigada pelas palavras!

Beijo

O Profeta disse...

...E eu fiquei a admirar-te profundamente como pessoa...


Doce beijo