terça-feira, 9 de setembro de 2008

Meia dúzia de Porquês...2


Para manter a mente ocupada por motivos que agora não vêem ao caso, tenho observado comportamentos humanos e sociais que me intrigam…quase a roçar a fronteira da preocupação

1. Fico sempre confusa ao visitar alguém doente num hospital e, deparo com outra visita a fazer uma lista completa e detalhada de problemas sórdidos ou queixas de dores nas costas, na cabeça, exames médicos para aqui outros para ali…mentalmente sempre penso é pena que não lhe doía a língua.
Será…que uma é questão de distrair o(a) internado(a) das suas maleitas?
2. Digo sempre – PORRRRA – em surdina, quando testemunho o cumprimento de dois homens que não se vêem há tempo considerável.
De palmas de mãos bem abertas, dão palmadas mais do que sonoras nas costas um do outro, que chega-se a ouvir o estremecer dos pulmões
Será…que quanto maior for o intervalo sem se verem maior é a força aplicada nas palmadas???
3. Fico sempre anémica dos neurónios quando uma jovem ou senhora de mini - - saia vestida, quando sentada ou a subir umas escadas esforça-se por esticar o tecido até aos joelhos
Será…porque se sente desconfortável?
Ora gaita assim fico com dois problemas por resolver, se assim for tenho que perguntar então porque vestem a saia? Estranho!!!
4. Tenho sempre vontade de rir e, por norma sou forçada a afastar-me quando numa refeição social qualquer, é-me dado a observar duas pessoas a conversarem e uma delas ter um bocadinho de alface ou salsa nos dentes…a segunda nada diz mas não consegue desviar o olhar…É muito engraçado
Será…que é por ser bem educada???
5. Quando dois deficientes da fala conversam com a sua Língua Universal – gestual, a maioria dos presentes falantes, fixam hipnoticamente todos os movimentos das mãos dos intervenientes.
Será…que nunca lhes foi dito que é muito feio ouvir as conversas dos outros???
6. Dou sempre sonoras gargalhadas quando parada num semáforo, olho para o lado e…temos limpeza rápida porém muito profunda…de nariz.
A pessoa em questão faz sempre um olhar acusatório para mim, nunca entendi porquê
Será…que estão convencidos que do exterior não se vê o que se passa no carro???


5 comentários:

Fernanda disse...

Má não é que é mesmo!
gente... só muda o continente...
humano é igual em toda a parte né???
Beijo!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
IFdA

Menina Atrevida disse...

Oii...passeando pela net parei aqui...:)
Ótima quarta... PRI :)

Dama de Cinzas disse...

ahahahahah! Muito bom! Eu adoro esse tipo de post! Dá pra perceber porque já fiz uns dois.

A dos homens se cumprimentando eu ri tanto que quase caí da cadeira...

Ótimo!

Beijos

Karine Leão disse...

A gente só muda de endereço, né?

Em todo canto do mundo é igual... mas vamos combinar que é asqueiroso limpar o nariz em público, não?

Risos...

Beijos e saudades, Elisabete!

Siegrfried disse...

Má não é que é mesmo!
gente... só muda o continente...
humano é igual em toda a parte né??? [2]

HEheuaha
Concordo em Gênero, número e grau com minha xará ali em cima!

Tem horas que dá vontade de inventar uma dor de língua para alguns hipocondríacos de meia tigela!