domingo, 31 de agosto de 2008

Quer dançar o vira comigo...???

Aceitou? Vamos todos dançar?
Vamos lá isto não custa nada…1…2…e

Mãozinhas no ar
Meus Senhores começar
O pé a saltitar
E a voz a cantar

PALMINHAS e… VIROU

VIRA que VIRA
E torna a VIRA
Na moda deste VIRA
A VIDA não pára de girar

PALMINHAS e… VIROU
(quero esse passo certo)
VIRA que VIRA
E torna a VIRAR
Na moda deste VIRA
Sorrisos quero deixar

PALMINHAS e… VIROU

Guerras e batalhas
Trazemos dentro de nós
Para os males espantar
Meus senhores vamos dançar

PALMINHAS e… VIROU
(troca o par)
Batam palmas bem alto
Sorriam meus Senhores
Nesta VIDA que gira
Os perdedores são vencedores

PALMINHAS e… VIROU

Meus Senhores não chorem
Este VIRA da VIDA não acabou
Nesta moda do VIRA
O sentimento entrou

PALMINHAS e …VIROU

Neste VIRA que VIRA
São frutos de emoções
Sonhos sorrisos e lágrimas
Fazem dor nos corações

PALMINHAS e… VIROU
(muda o par)
Solidão é coisa pouca
Mágoa é banal
Danço como louca
Neste VIRA animal

PALMINHAS e…VIROU

Meus Senhores não corram
Atrás do incerto
Que neste VIRA que VIRA
O cansaço já é certo

PALMINHAS e…VIROU

Sou gozosa sou trocista
Nesta moda do VIRA
Rio p’ra não chorar
Nisso sou artista

PALMINHAS e…VIROU

Quando eu morrer
Quero que se lembrem
O sorriso trazia
A dançar este VIRA

PALMINHAS e…VIROU
(vamos acabar)
Um abraço dou a todos
Dançarinos vocês são
Neste VIRA que VIRA
Estão no meu coração

PALMINHAS e…VIROU

Aceitem este VIRA
E com esta me vou
Acabando esta moda
C’um bem haja que dou
( ACABOU)

Peço que tenham em conta que rimar não sei, a prosa é o meu forte, não levem a mal a brincadeira… é apenas isso…uma brincadeira





9 comentários:

Siegrfried disse...

Então...
Se estívessemos mais próximos, aceitaria o teu convite para a dança...
No entanto, dançar de dois continentes distintos é meio complicado não?
Só me resta dizer que teus versos são tão bons quanto tua prosa!

Fernanda disse...

HHeeiii viiivvvaaaa!!!
vamos... vamos sim...
VIRA... VIRA...
PALMAS...MÃO PARA CIMA...
me ensina Beth!
adorei...
quero dançar semprepor aqui!!!
uuhhuuuu!!!
beijoooo... vira, vira... palminha...

IFdA

Dama de Cinzas disse...

eheheh! Interessante, ficou lindinha! Crianças é que adoram essas músicas... bjs

Karine Leão disse...

Olá, xará de primeiro nome!

Vi um comentário seu e vim conhecê-la. Dancei o Vira... gostei demais e saio dizendo que como canceriana, assim como você, sou uma pretensa escritora que adora interagir nesse mundo de prosa e verso que a vida nos oferece.

Voltarei mais vezes!

Beijos!

Karine Leão disse...

Fiquei em dúvida... meu comentario foi salvo? Risos..

Karine Leão disse...

Querida, (Posso?)

Tomei a liberdade de linká-la para não perder nenhumas das palavras.

Realmente existem sentimentos que só cada um que o vive, pode degustá-lo em todos os seus sabores, a saudades é um deles!

Obrigada pela visita e espero que faça do Ponto, um encontro!

Beijo Karinhoso!

mundo azul disse...

Você é pura alegria!!!


Beijos de luz e o meu carinho...

Liquificadorizando disse...

Esse vira tá bacana!

Parabéns pelo blog!

Alexandra Periard
(Atriz e Escritora)

Karine Leão disse...

Elisabete,

Voltei. E voltei com alegria, daqueles que só voltam aonde são bem recebidos, com a alma aberta e em cores.

“Porque um jardim jamais está completo, até nos dias mais cinzentos, uma flor desponta para nos lembrar que uma nova estação repleta de cor e de aromas doces se avizinha. Mesmo quando o frio e a penumbra parecem ter vindo para ficar, o nosso jardim nunca dorme... e em breve, explodirá numa paleta de cores que quase nos faz desejar que permaneça assim para sempre, florido e exuberante. Talvez a maior lição que a Natureza nos ensina, é que a transformação é a única coisa que permanece.”

Jamais quero meu jardim completo, desejo sempre e cada vez mais a doce e mágica surpresa da transformação constante.

Obrigada por florir meu Ponto e fazer toda a diferença.

Meu Beijo Karinhoso,